E tão sério…

Se inspiraria, talvez, ao olhar por trás de um relógio. De um vitral de relógio. Espirraria, então, só para ter um alivio completo por ainda ter tempo. Muito tempo. Tinha tempo, tinha visão, tinha beleza e uma trilha sonora para a vida. Por sorte, ou não, enxergava logo a frente, ainda que por trás, o relógio da sua vida.  Era mais difícil de se interpretar. Ainda óbvio, contudo. E dali em diante não sabia se apossaria para si as decisões de seu destino, ou se as deixaria a mercê do acaso. O que seria mais satisfatório, no fundo, era de seu conhecimento. Trilha sonora da vida. Era tempo de não pensar. De fechar os olhos e não pensar. Uma trilha sonora da vida é tal como ver adiante o relógio de sua própria vida, pois: é raro, especial e bom, tido que estará ali com você, para o todo e sempre. De negativo, porém, deixe eu falar, que vem junto aos bons e aos maus, com momentos felizes e não felizes, e até mesmo com horas tristes. E sua trilha sonora bem lembrará todos eles, te ferindo constantemente, por lembranças ou por saudade. Ainda assim parte dela estará feliz por você estar vivo. Você estará vivo, e tendo ela, estará vivendo na certeza: lembrará. Lembrará de ter e terá consciência: vivo.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s