A queda

Por medo, faço prece. De medo, não me jogo. Dói. Pedi para o coração aquietar e parar de bater um pouquinho. Hoje cansei do medo e só espero cair em um caminhão de morango com chocolate, porque de resto, tanto faz. A queda também depende do referencial.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s