Nas nuvens

E que sentada na grama, esperei não ter insetos em volta. Nem borboleta. Não é porque é bonita que deveria estar ali. E que olhando para o céu decidi que não sei se quero lidar com o orgulho das pessoas. Tenho dúvidas sobre querer sentir qualquer coisa. Não sei o quanto quero gente que não valoriza a própria terra perto de mim. Nem sei se sinto. Se volto a sentir ou me deixo ir embora, muito embora, assim, contudo, seja um caminho sem volta. Então pensei por um instante que só queria uma jabuticaba, o sol e a grama. E aí dei de costas para os meus pensamentos. As vezes nós não devemos mesmo dar tanta atenção a eles.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s