Dor de amor não mata, ensina a viver

Uma amiga me contava, durante um café, que fora ao médico. Médico psiquiatra. Ela disse entre risos que não sabia como explicar a ele que doía dentro e doía fora. Como doer dos dois lados? Onde dói? Cheguei a conclusão de que era a tal dor de amor, essa que é unânime e que tatua dentro e fora. Quem sofre por amor leva isso tatuado na testa, no cérebro e, simbolicamente, no coração. Quem sofre por amor ama demais ou ama de menos, quer chorar, se isolar, quer colo, chocolate, vinho, cerveja e, de preferência, tequila. Abomina amores de fora, e não acredita que vá colocar alguém para dentro, nunca mais. Quem sofre de amor chora e para de chorar, pesa e para de pensar, sente saudade, porque amor é o que lhe falta. Sente falta sim, daquele amor presencial para dividir a pipoca no sofá e no cinema, para lhe ceder um ombro quando falta o chão e para fazer suar um pouco o coração.  Há saudade de ter e de perder, mas acima de tudo de sentir. Pede-se uma muleta que não se quer usar, é dor de membro fantasma, o membro não está mais lá. Por fim deseja-se outro amor. Um que não seja só de fim de semana e um que não suma no fim de semana. Um que complete e que se busque completar, que divida, que faça borboleta na barriga, que seja companhia e tatuagem branda. Se existir essa de tatuagem branda, que faça doer sim, porque todo amor dói. Todo mundo tem medo de amar, porque todo mundo tem medo de perder quem se ama. Mas que a dor seja serena e gostosa, porque dor de amor também vale a pena quando dói de dentro para fora, quando não foi ferida por arma de fogo. Dor de amor te ensina a escolher quem é amor para você.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s