Geração Fanta uva

A geração fanta uva está em dúvida. Não sabe se quer refrigerante e manda um dane-se, ou se prefere ficar no suco de uva para manter a forma. A geração fanta uva vive oscilando nos dois quilos, preocupada com a instabilidade dos bens e com um dramalhão psicológico próprio, geralmente causado pelos pais ou simplesmente por se verem como outliers na corrida que leva para aquela placa final. O nome da placa? Felicidade. Eles falam bastante dela, alguns viveram de forma responsável, outros nem tanto. A geração fanta uva vive com muito medo, medo de assumir, medo de viver, e o próximo passo é medo. Medo de errar, de errar e ser infeliz, de escolher errado porque as opções são muitas, e muita coisa pode dar certo, mas e o medo de o certo dar errado? A geração fanta uva só arrisca com 101% de chances a favor, e eles não namoram, eles saem, ficam, dão as mãos e carregam traumas de mãos dadas: traumas de tudo que já deu errado em algum relacionamento na história natural do amor. A geração uva não sabe terminar namoro, é por isso que não namora. Vai que o namoro embrola e vira casamento? Vai que eu não quero casar? Tem tanta gente, e o medo de errar? É uma geração julgada e aparentemente livre, vai do trabalho para casa, para academia, para casa, para balada. Lida com o peso na consciência de não ser geração coca-cola, mas não liga para isso, já que no facebook é politizado e chama os colegas de coxinha e de petralha. A culpa é sempre de alguém. Reclama de tudo, mas está cansado para sair de casa ou para comentar algo a mais desse assunto. É a geração que pára no tempo e pára com tudo por não saber bem onde começar, tem medo de começar aqui e não dar tempo ali. São aqueles que competem com afinco para chegar não sabem muito bem onde e lutam por uma independência mas prefere que os outros respondam suas questões internas. Então, quando não tem resposta, fazem “terapia bem participativa”. Os filhos da geração fanta uva não vão ver álbuns de fotos, vão ver perfis do instagram, e é por isso que eu rezo para que esses perfis ainda durem algum tempo. Vão ver papai e mamãe nos melhores selfies, filtros e pau de selfies. Vão assistir a auto estima trabalhada, invejada, invadida. Vão lidar com críticas duras, e não vão saber muito bem para onde ir. Pára no tempo, pára com tudo, e para.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Geração Fanta uva

  1. Carol

    Incluso na seleção de melhores. 👏

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s